Boxeador também diz ao treinador que todos vão “ganhar muito dinheiro” com o duelo. Roach afirma que gostaria de trabalhar com irlandês, mas diz que foco é volta de GSP

Freddie Roach técnico de boxe (Foto: Getty Images)
Freddie Roach técnico de boxe (Foto: Getty Images)

O mundo das lutas anda otimista quanto à realização da tão esperada luta de boxe entre Floyd Mayweather e Conor McGregor. E, depois da revelação de Freddie Roach, atualmente treinador de Georges St-Pierre para o retorno ao UFC, tudo indica que há motivos para acreditar que o confronto realmente vai acontecer. Figura conhecida no pugilismo e no MMA, Roach afirmou que o próprio boxeador americano garantiu que o duelo com o irlandês vai acontecer em breve.

– Mayweather disse: “Vou lutar com ele, e todos nós podemos ganhar muito dinheiro”. Ele me disse que lutaria com McGregor. Tudo indica que caminha para a direção certa. Em certo momento, achei que a luta não seria possível. Estamos em uma momento diferente agora. Parece que vai acontecer. Acho que Conor vai ter trabalho com um boxeador como Floyd. Mas ele se promove bem, já está fazendo barulho – disse ao programa “The MMA Hour”.

Apesar de McGregor não estar familiarizado com o pugilismo, Roach não descartou uma vitória do atual campeão da categoria peso-leve do Ultimate. De acordo com o treinador, o boxe é um esporte imprevisível, o que dá margem para que resultados menos prováveis aconteçam.

– Demoraria um bom tempo para Conor estar pronto para uma luta de boxe puro. Mas um soco pode mudar tudo. Esse é o esporte que estamos lidando. Não vou dizer que ele corre totalmente por fora. Acho que Mayweather é favorito, sim, mas não colocaria ninguém fora da disputa, porque ele joga duro e não tem medo de jogar

Com grandes lendas no currículo de treinador, como Manny Pacquiao e Mike Tyson, Freddie Roach revelou que se sentiria “honrado” em treinar Conor Mcgregor, mas que tem outro objetivo atualmente.

– Gostaria de tentar ajudá-lo a se preparar. Seria uma honra para mim. Mas agora o foco está em Georges. Georges é minha prioridade nesse momento – finalizou.

Fonte: Globoesporte.com